REINAÇÕES DE RAFAELA: ESPECIAL DE NATAL

Published December 26, 2013 by Henrique Pinheiro

animated-xmas-desktop-wwwIdade: 3 anos e 7 meses.

ÁRVORE DE NATAL

Rafaela Petrucci Alabarse Gomes Pinheiro. A gente omite o “Orleans Bragança…” e afins, pra facilitar.

Andando por Brasília, ela avista o topo de um pinheiro que sobressaía às copas das outras árvores.

Rafaela: Pai! Olha lá!!!
Papai: O que, filha?!
Rafaela: Uma árvore de Natal…
Papai: Ah… Como chama aquela árvore?
Rafaela: Pinheiro.
Papai: E a gente?
Rafaela: Pinheiro.
Papai: Ah! Igual a gente. A gente veio da árvore, blablabla, blablabla…

Cinco minutos depois, outro pinheiro se destaca na paisagem de Brasília.

Rafaela: Olha lá, pai!!!!
Papai: O que, filha?!
Rafaela: Um Petrucci!!


MILHO VERDE

Vovó Rosi: Rafaela, você gosta de milho verde?
Rafaela: Não vó! Eu prefiro um milho amarelinho mesmo…


CARRO NOVO

Rafaela: Vó! A gente comprou um carro novo.
Vovó Rosi: Ah é, Rafaela! Qual é o carro?
Rafaela: Taxa zero.


CABELO

Rafaela: Pai, você quer um pouquinho do meu cabelo?
Papai: Vai te catar, Rafaela!

Advertisements

REINAÇÕES DE RAFAELA: MONSTER HIGH

Published September 10, 2013 by Henrique Pinheiro

Idade: 3 anos e 3 meses

Draculaura

Rafaela (ao longo do últimos dias):

– Eu adoro Monster High!
– É muito legal, Monster High!
– Meu próximo aniversário eu quero uma festa de Monster High!
– Eu quero uma roupa da Draculaura!
– Monster High!
– Monster High!
– Monster High!
– Monster High!
– Monster High!

Papai: Tá bom, tá bom… Vamos ver se tem Monster High no Netflix? (O papai conhece Monster High, mas ainda não tinha visto nenhum episódio. Vamos ver de colé que é…)

Rafaela: OLHA, PAI! TEM!!! Vamos ver? Vamos ver?

Papai: Tá bom. Vamos ver então…

[PLAY]
(agarrando o papai no sofá): Ai… Eu tenho um medinho de Monster High…

¬¬

REINAÇÕES DE RAFAELA: VOAR, VOAR, SUBIR, SUBIR

Published August 31, 2013 by Henrique Pinheiro

 

aviao

Idade: 3 anos e 3 meses.

Um traço branco no céu.

Rafaela: Pai, o que é aquilo ali no céu.

Papai: Ah, é o rastro de um avião. O avião passou ali e deixou um rastro.

Rafaela: Mas eu não tô vendo o avião…

Papai: É porque ele já passou e o rastro ficou?

Rafaela: E aquele outro, Pai? É “rasto” também?

(Aparentemente o céu de Brasília hoje estava propício. Vimos uns 4 ou 5 em nosso caminho.)

Rafaela: E aquele ali, pai? Porque ele tá crescendo?

Papai: Ah! Olha lá na pontinha. Tem um avião bem longe, bem pequetitinho, que está deixando aquele rastro. Tá vendo?

Rafaela: Aham! Tô vendo… … … Eu adoro avião. Gosto mais dos Laranjas.

Papai: Dos Laranjas? Eu gosto mais dos Azuis, que tem as batatinhas…

Tik. Tak. Tik. Tak. Tik…

Rafaela: Eu também, pai! Também prefiro os Azuis…

*Publieditorial #SQN

As if… ¬¬

REINAÇÕES DE RAFAELA: PAPO RETO

Published August 29, 2013 by Henrique Pinheiro

Idade: 3 anos e 3 meses.

O prelúdio é longo, mas necessário.

Notamos, nas últimas semanas, que a Rafaela não está lá muito empolgada com a escolinha. Mesmo o ballet, antes o ponto máximo da semana, já não interessava tanto.

A escolinha é ótima, tem uma estrutura legal, bons profissionais e nos foi super bem indicada por um vizinho que tem filhos lá e que é professor do Marista. Ainda assim, Rafaela não se interessava muito.

Entre outras coisas, imaginamos que o fato de ser uma escolinha menor, com apenas seis alunos na classe, sendo 5 meninos, seja decisivo para o desinteresse.

Ela só tem 3 anos, então não há necessidade de botar pressão, não é?

Ainda assim, foi convocado o conselho de crise, com a mãe (Pedagoga), o pediatra e uma psicóloga, e concluíram que seria melhor tirá-la da escolinha agora e tentar novamente ano que vem, numa nova escola.

Nessas, fomos vendendo a ideia de mudar de escola, demos uma passadinha lá, é um colégio grande, com muito mais espaço, mais alunos e a pequena foi se animando com a ideia. Acho que a essa altura já é possível dizer até que ela está ansiosa pela mudança. (Agora é correr pra garantir uma vaguinha, já que a escola é concorrida, tem lista de espera e tudo mais…)

Enfim, nesse meio tempo, em razão de um gripezinha, a Rafaela ficou as duas últimas semanas sem ir à escolinha. A professora ligou querendo saber se estava tudo bem e aquela coisa toda. Dissemos que sim, que era só mais um tempinho para garantir a imunidade antes dela voltar pra escola – e a ideia era realmente essa – mas que na semana que vem ela deveria estar de volta.

Pois bem. Hoje, passeando com a babá, Rafaela passou em frente à escolinha e a tia saiu para cumprimentá-la:

Professora: Ooooi, Rafaela! Que saudade! Você já melhorou? Vai voltar pra escolinha na semana que vem?

Rafaela (sorrizão na cara): Eu vou mudar de escola!

Desce o pano.

REINAÇÕES DE RAFAELA: SUSSUROS NA MADRUGADA

Published August 17, 2013 by Henrique Pinheiro

Idade: 3 anos e 2 meses.

Rafaela (sussurrando, afinal são 2 da matina): Pai! Vamos colocar a Barbie pra dormir na cama dela?

Papai (também sussurrando): Então vamos! Vamos cobrir ela direitinho, porque está frio.

Rafaela: Vamos cantar uma música pra ela?

Papai: Qual?

Rafaela: “Ela é uma princesaaaa…” (jingle da boneca, pra não negar o DNA* publicitário.)

Papai: Vamos dormir também?

Rafaela: Vamos!!! Que amanhã eu vou viajar!

Papai: Viajar?! Pra onde???

Rafaela: Vamos viajar pra ver o jogo COELHÃO!

Pense na alegria de um pai…

(*Saudades)

REINAÇÕES DE RAFAELA: A DONA ARANHA

Published July 14, 2013 by Henrique Pinheiro

dona-aranhaIdade: 3 anos e 1 meses.

Vendo uma aranha em sua teia.

Papai: Olha aqui, filha, uma aranha na teia.

Rafaela: Por que, pai?

O papai então dá a melhor aula sobre aranhas que se poderia dar a uma criança de três anos, explicando como e porque ela tece a teia. Captura o mosquito, embrulha e come mais tarde.

Rafaela: Mas por que ela come mosquitinho?

Papai: Porque ela acha gostoso.

Rafaela: Aaaahhh… Eu gosto mais de biscoitinho.

REINAÇÕES DE RAFAELA: REPLACEMENT

Published July 5, 2013 by Henrique Pinheiro

Idade: 3 anos e 1 meses.

Rafaela (ao ver o pai assistindo ao jogo de vôlei, deitado no sofá, debaixo das cobertas): Tia Ana, meu pai está se escondendo!

Tia Ana: Eu acho que ele está com frio…

Papai: Tô com muito frio… Preciso de uma filha pra me esquentar aqui. Deita aqui comigo?

Rafaela: Ah, pai… vou não…

Papai: Então vou ter que arrumar uma outra filha pra me esquentar.

(15 segundos e introspecção)

Rafaela: Eu te esqueeeeento papaaaai… 

#EvilDad